segunda-feira, 23 de maio de 2016

É só mais um dia

São dias seguidos em que vou dormir chorando e acordo chorando, choro tanto antes de dormir, que acabo caindo no sono, quando acordo, me recuso a aceitar ter que me levantar e viver mais um dia. Tenho problemas para dormir como nunca tive antes, quando durmo sei que é o único momento em que não estou consciente e não fico pensando em todos aqueles momentos. Quero tanto fugir disso que me pego desejando que a semana comece, para que eu comece a trabalhar e não precise ter que ficar sozinha, fingir que tá tudo bem, quando eu sinto um enorme aperto no peito, que me faz perder o ar(sim, eu sinto isso e espero que seja uma doença que me mate, coisa que não tenho coragem).

Eu não sinto vontade de comer, mas acabo vendo besteira para comer em casa e não consigo resisti. Tenho medo de ficar sem comer e começar a passar muito mal, se vocês não sabem eu sou professora de ballet, trabalho me exercitando bastante, então não posso chegar no trabalho sem nada no estômago, já tentei no passado e não deu muito certo, passava muito mal a ponto de desmaiar e vomitar bastante, isso deve ser talvez alguma doença, problema de pressão talvez.

Vocês devem pensar, que eu sou muito idiota, que eu só reclamo, que eu sou patética e sou mesmo gente, sou muito, sou demais. Queria saber porque diabos não peguei o cinto certo, nessa hora eu já estaria morta e feliz.

Sim gente, eu sei que talvez isso seja uma depressão e que eu talvez tenha que procurar ajuda, mas isso nunca vai acontecer. Sabe aquele tipo de gente que se diz forte e que nada abala essa pessoa, essa sou eu, ninguém jamais acreditaria se eu dissesse que sou toda errada por dentro. Semana passada pela primeira em mais de cinco anos de amizade minha melhor amiga(?) me viu chorando, e eu percebi o quanto que eu consigo fingir tão bem que sou feliz. Mas eu acho que tá tudo tão pesado dentro de mim, que não tá mais dando para segurar, acabo caindo em lágrimas em momentos que não dá para disfarçar, acabo falando que tô sentindo alguma dor e pronto, acho que elas acreditam.

Eu tô me sentindo tão sozinha, que nem consigo explicar essa angústia que eu sinto, até aqui com vocês, eu sinto que to sozinha, antes não era assim.

Gente, eu sempre leio o blog de vocês, não comento nada porque não tô sabendo lidar nem comigo mesmo, imagina chegar no de vocês e falar palavras de apoio?!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Sentir a morte...

Hoje eu tentei acabar com a dor, fazer com que essa dor fosse embora, quis ir para longe, fora daqui, distante, não queria mais sentir nada... quando tive coragem de tirar o pé da cadeira, o cinto que estava preso no meu pescoço, partiu ao meio, eu consegui fazer, eu tinha me decidido, mas o cinto quebrou. Tentei com outro, mas fiquei pensando se eu não tava tendo uma segunda chance, se eu tava fazendo aquilo pelos motivos certo, se eu realmente queria aquilo, subi de novo na cadeira, me pendurei, tirei um pé, mas não tive coragem de tirar o outro, fui covarde, fugi da minha vontade. Era tanta dor, que eu não conseguia aguentar, ficava dizendo para mim mesma que aquela seria a última dor, depois daquela não teria mais nada, seria só um vazio, um grande nada, eu não consegui fazer e vou me culpar por isso, enquanto essa dor tiver aqui dentro, eu vou me culpar, eu tinha o controle de tudo, mas não consegui ir em frente, era só tirar o pé e pular para a felicidade, eu decidi não ser feliz, eu decidi sofrer. Eu preciso de ajuda, eu não aguento mais fingi que tá tudo bem comigo, quando por dentro eu só sinto dor, eu não aguento mais, eu preciso fugir disso, eu não quero mais sentir essa dor. Isso vai muito além do peso, vai muito alem de ser deixada e trocada por outra, vai muito além de uma vida profissional ruim, de um relacionamento conturbado com a família, de uma vida sem amigos, tá aqui dentro e nunca vai passar, essa infelicidade nunca vai me deixar, eu sempre me senti assim, só que às vezes parece que tá tudo bem, mas depois acaba voltando e quando volta eu me acabo, eu não quero mais viver um dia, ver mais alguém, falar mais uma palavra, ter um pensamento, eu só quero parar de sentir, eu só quero parar de existir.

sábado, 14 de maio de 2016

Sem controle!!!

Compulsão atrás de compulsão, não consegui mais uma semana controlar minha alimentação.

Tô em uma bad week total. (Não seria bad life?)

Leio todas as postagens, mas não comento, não to muito bem nesses últimos dias, não queria deixar de comentar, porque algumas de vocês me ajudam tanto, mas não tá dando...desculpas.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Por que a gente tem que dizer adeus, quando ainda queremos permanecer?

Ontem fui dormir com uma sensação estranha e hoje acordei para baixo, chorando, por coisas que achava que já tava conseguindo superar, rápido demais, até tava estranhando, até que, deu merd*.

Não queria que tivesse acabado, sinto tanta saudades dele. Quando acordei senti tanta vontade de falar com ele, mas não falei, abri a janela da conversa dele e vi que ele tinha estado online a poucos minutos, ele não acorda de manhã cedo, antes se ele tivesse acordado seria para falar comigo e me dar um bom dia, mas sei que agora esse bom dia deve ser para outra pessoa. To com tanta saudades, que nem sei... Não queria me sentir assim. Semana passada tinha conseguido passar sem me sentir assim, mas agora tá tudo voltando.

Preciso ter foco na dieta, preciso entender que acabou. Tava pensando em desativar meu facebook, era por lá que a gente conversava, ele não tem WhatsApp. Preciso deixar para lá, isso não tá me fazendo bem.

Se vocês soubessem toda a nossa história, vocês passariam a dar mais razão para ele e menos a mim.

Ah gente, desculpas por falar sobre isso, sei que o blog tem outro objetivo, mas entre falar para ele e falar aqui...acho que temos um vencedor! Não falo sobre isso com meus amigos, sei lá, me finjo de forte e de que não me importo, quando na verdade sou acabada por dentro.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Na semana passada não consegui controlar minha alimentação, mas não vou me culpar e nem ficar para baixo por isso, vou levantar a cabeça e recomeçar hoje, afinal hoje é segunda feira, o dia mundial da dieta.
Boa semana para vocês.

domingo, 1 de maio de 2016

Sabe aquela vontade de ir embora para bem longe e nunca mais voltar, eu tenho sempre, mas minha vontade é bem mais definitiva, é querer morrer mesmo. Na minha vida, nada nunca deu certo, absolutamente nada, não sou feliz e nunca fui, provavelmente nunca serei. Sou uma péssima pessoa, afasto aquelas pessoas que me querem bem e depois fico me sentindo sozinha. Só queria sumir e não precisar mais viver nenhum dia essa vida miserável, tanta gente doente por aí, querendo viver e não vai conseguir, e eu aqui, não quero mais sobreviver nenhum segundo e  por aqui, firme e forte, levando essa vida de merda. Não é drama e não é coisa de momento, desde que eu me lembre, eu me sinto assim. Vivo um dia de cada vez, desejando ser o último, isso não é justo.

Nessa semana que passou, eu acho que fui bem na dieta, só na sexta que comi normal, mas nos outros dias, consegui manter aquilo que me propus a fazer.

E quanto ao boy, gosto tanto dele, queria tanto ele, mas sei que já passou e é besteira minha ficar achando que a gente pode voltar, to me iludindo eu sei, mas o que eu posso fazer se me sinto bem pensando isso e lembrando dos nossos momentos juntos. Deveria ser proibido se apaixonar...
Ah, e a gente não tá mais se falando ;/

E o mais importante: obrigado pelo apoio gente, eu precisei tanto de ajuda nessa semana e eu encontrei o apoio que eu precisava aqui. Queria todos vocês aqui, bem pertinho de mim...